Vale do Silício: 10 aprendizados sobre Empreendedorismo e Marketing

Vale do Silício: 10 aprendizados sobre Empreendedorismo e Marketing

O Vale do Silício segue sendo um dos maiores polos industriais, e o mais inovador e distinto nos quesitos de tecnologia, informação e computação. Essa proeminente região do Sun Belt é o berço das maiores empresas de tecnologia do mundo e seu objetivo é gerar e incentivar inovações científicas e tecnológicas.

Sendo assim, Rafael Terra, especialista em MKT Digital e humanização de marcas, teve a chance de fazer uma imersão no Vale do Silício, e trouxe para nós 10 pontos importantes que aprendeu e que mais chamaram sua atenção, através do seu vídeo “Vale do Silício: 10 aprendizados sobre Empreendedorismo e Marketing”.

1. Escala Global

Segundo ele, uma coisa que fica muito clara lá é que ninguém sai da cama se não for para mudar o mundo. Tudo é pensado em uma escala global – o que pode parecer um pouco distante. Caso esteja se perguntando “mas tenho apenas uma pequena loja, como pensar em escala global?”, ao que Rafael responde: e-commerce para tudo! Qualquer momento na loja sem clientes é uma oportunidade para estar vendendo no e-commerce; e todo negócio físico atualmente precisa se digitalizar.

O primeiro aprendizado seria que mesmo um negócio local, no interior, pode ser transformado em algo macro que vende para várias cidades através de e-commerce.

2. Diferenças Agregam

Não se fazem produtos e serviços globais com pessoas iguais, ou seja, é necessário trazer para a sua equipe pessoas de diferentes religiões e culturas, realmente trazer a diferença para dentro da empresa, um novo olhar. 70% das pessoas que estão no Vale do Silício não são dos EUA!

Rafael também recomenda a instituição AIESEC, presente em todas as capitais, que insere estagiários de outras nacionalidades dentro de empresas.

3. Sair da Zona de Conforto Leva à Inovação

Por que o Vale do Silício criou Airbnb, Uber, Facebook, Linkedin, e tantas outras gigantes magnatas do mercado? Porque são pessoas que saíram da sua zona de conforto, pessoas atrás de problemas e que não tem medo de encará-los.

Se hoje você tem uma empresa que não tem problemas, Rafael avisa que ela não irá durar muito tempo – um negócio relevante busca sempre resolver novos problemas.

4. O Que Importa São Seus Projetos Atuais, Não Seu Currículo

Neste sentido, para o Vale do Silício, o sucesso não é o que você fez e seu currículo – sucesso é o que você está pensando em fazer daqui a diante. Lá não perguntam seu mestrado ou faculdade, perguntam sobre o projeto que você está fazendo no momento.

Uma das pessoas que representa isso lá é o Elon Musk – um dos diretores da Tesla, criador do PayPal e que agora está fazendo cápsulas voadoras, que praticamente fariam o trajeto entre NY e China em 2 horas.

Às vezes ficamos muito preocupados em retomar nossa história, quando o que é realmente relevante são os projetos que ainda estamos por fazer.

5. Não Espere Para Lançar Nada! – lance tudo em Beta

Rafael conta como o Uber está em sua versão Beta ainda, e é uma empresa que logo estará fazendo suas corridas em carros voadores.

Não espere para lançar algo porque não está perfeito. Ele até compara com o próprio vídeo – não sabe se está feio ou bonito, o importante é que ele está passando seu conteúdo. O especialista em Marketing também recomenda desapegar um pouco dessa preocupação e dá uma boa dica de produção de conteúdo: hoje a informação vale mais do que o formato. E, obviamente, deve se ter consideração com a estética e o formato – mas não se deve esperar para dar a informação.

Quem produz conteúdo primeiro no YouTube ou no Google é quem fica mais bem ranqueado e que terá o título de inovador. A ideia não significa nada – inovação é uma ideia transformada em algo que tem valor. Além disso, as pessoas compram a ideia já aplicada, e isso reflete muito na cultura do Vale do Silício, que é a cultura das startups.

Antigamente se perguntava quantos funcionários tem uma empresa, o que não é uma preocupação no Vale do Silício – o importante é o quanto ela está inovando e faturando.

Fato Interessante: Quando o Instagram foi vendido para o Facebook por R$2 Bilhões eles tinham 6 funcionários.

6. Região Rica com Hábitos Simples

Rafael destaca como o Vale do Silício é uma “região rica com hábitos simples” – há uma “queda” de marcas de luxo e é cada vez mais relevante a questão da experiência. E hoje vemos isso com os Millenials; as pessoas pagam caro por uma boa experiência, mas não pagam mais caro para ostentar uma marca de luxo.

7. Tendências

Ele traz uma tendência muito interessante: impressões! A impressão de carros e casas, bairros inteiros construídos em 2 dias através da impressão – isso muda o mercado de construção completamente – até a impressão de carne bovina comestível ou órgãos humanos, o que interfere inteiramente na economia global.

8. Growth Hacking – Marketing Digital Acelerado

Algo que ele também destacou ter gostado muito foram os cursos de Growth Hacking, que é o Marketing Digital Acelerado. As pessoas no Vale do Silício não fazem planejamentos para colher resultados daqui a 2 anos, mas sim no final do mês.

Consiste em várias estratégias de Marketing Digital que realizam um crescimento muito grande na questão de exposição de uma marca – e para isso ele recomenda 2 ferramentas!

  • Hunter.io: site onde você coloca qualquer URL e ele puxa automaticamente todos os e-mails daquele domínio, agilizando muito a criação de um mailing para prospecção, gerando leads para os quais divulgar seus produtos e serviços.
  • BuzzSumo: é um site de palavras-chave. Antes de escrever algum conteúdo na web, você coloca as palavras nesse site e ele mostra o que já viralizou nas redes sociais sobre elas – te dando vários insights para que você escreva seu conteúdo em cima de um movimento já crescente na web.
9. Neuromarketing

Tudo que acessamos tem a ver com psicologia. O especialista em humanização de marcas conta como o ser humano é muito ligado ao trauma – demoramos para lembrar de momentos felizes, mas traumas lembramos muito mais rápido; aquilo que não gostamos lembramos mais rápido – e isso impacta muito as marcas. Às vezes sua experiência com uma marca foi muito boa, mas um pequeno erro já faz tudo isso ir por água abaixo.

Nos anúncios e conteúdos da web devemos procurar curar as dores das pessoas, enfatizando muito na comunicação que “SEUS PROBLEMAS ACABARAM!”. É preciso sempre apostar mais na dor que você cura do que na felicidade que você traz. Pois pasmem, pessoas preferem não sentir dor a se sentirem felizes – e quem diz isso são os neurologistas de Stanford.

10. Direto da Netflix

A última coisa mencionada pelo especialista é como impressionou ele a maneira pela qual a Netflix escolhia seus colaboradores – normalmente escolhidos pelo Diretor ou RH, lá o grupo do departamento afetado realizava a escolha.

A filosofia é de que o grupo que vai trabalhar com essa pessoa é quem precisa avaliar se ela é boa e eficaz. Primeiramente há as barragens pelo ferramental, mas a escolha final é feita pelo grupo.

Quando Rafael estava fazendo o curso, precisava de um novo designer na empresa Fabulosa Ideia – e ele resolveu colocar isso em prática. Pediu para o seu pessoal fazer a seleção de quem trabalharia diretamente com esse designer, e diz que deu muito certo!

Por fim, ele adiciona apenas uma pequena notícia ruim: se o Netflix não vê mais valor em como o RH está estruturado, não temos dúvida de que é um mercado que vai mudar nos próximos anos.

Agora que você leu sobre os 10 aprendizados de Empreendedorismo e Marketing no Vale do Silício, não deixe de acompanhar tudo sobre prospecção e vendas B2B em nosso blog. A RP Trader é a maior empresa de terceirização de prospecção B2B do Brasil, por isso, preparamos toda semana conteúdos novos no nosso blog, para ajudar a sua empresa a vender mais e melhor.

Veja essa matéria na íntegra no vídeo abaixo:
Vale do Silício: 10 aprendizados sobre Empreendedorismo e Marketing – Fonte: Rafael Terra

Está cansado de perder tempo fazendo uma Prospecção que não está sendo assertiva para o seu negócio? Então fale conosco e descubra como a RP Trader pode ajudar a alavancar as suas vendas!

Entre em contato com nosso time comercial e acelere as vendas da sua empresa: sales@rptrader.com.br

Por, Amanda Cabral

Quer saber mais sobre como funciona a prospecção terceirizada na RP Trader, então leia: 8 diferenciais da RP Trader na prospecção terceirizada


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.